Revista interdisciplinaria de Internet

30 de Septiembre de 2018

“Acabar com a Cracolândia”: um enunciado divido entre dilemas sociais e indivíduos perigosos

Filipo Pires Figueira

“Acabar com a Cracolândia”: um enunciado divido entre dilemas sociais e indivíduos perigosos

“Getting rid of Cracolandia”: a divided sentence amid social dilemmas and dangerous individuals


Discurso & Sociedad, 2018 12(3):480-493

Resumen


Este texto se propõe a analisar a sequência discursiva de referência “Acabar com a Cracolândia”, promessa do então prefeito de São Paulo, João Doria Jr., que circulou na época de sua intervenção policial na região da Luz. O objetivo desse trabalho é discutir os diferentes efeitos da sdr por ter sido empregada por formações discursivas antagônicas na polêmica que seguiu a operação policial. Analisou-se a sdr a partir da teoria da semântica global de Maingueneau. Como resultado, constatou-se que, apesar de sua aparência estável, a sdr foi um enunciado divido e disputado pelas FDs.

Palabras clave: discurso; polêmica; cracolândia


Abstract


This paper intends to analyze the following discursive sequence of reference: “acabar com a Cracolândia”. It was a promise of the São Paulo’s former mail, João Doria Jr., which circulated at the time of its police intervention at the region of Luz. This paper aims to discuss the different effects of the employment of the sdr by antagonistics discursive formations in the polemic that followed the police operation. The analyzes was based in the global semantics’ theory, of D. Maingueneau. As a result, it was found that, despite its apparent estability, the sdr was a divide statement, disputed by the FDs in its very terms.

Keywords: discourse; polemic; cracolândia