Revista interdisciplinaria de Internet

25 de enero de 2015

Violência simbólica: representação discursiva da extrema pobreza no Brasil - relações entre situação de rua e vizinhança

Viviane de Melo Resende
Violência simbólica: representação discursiva da extrema pobreza no Brasil - relações entre situação de rua e vizinhança

Symbolic violence: discursive representation of extreme poverty in Brazil – relationships between homelessness and neighborhoods


Discurso & Sociedad, 2015 9(1, 2):106-128

Resumen


Este artigo é uma expansão do trabalho apresentado no “Discurso y Sociedad” no “I Simposium International EDiSo 2014”, em Sevilha, em 2014. O trabalho apresentado no evento consistiu na análise discursiva crítica (van Dijk, 2001; Fairclough, 2003; van Leeuwen, 2008; Ramalho e Resende, 2011) de um texto publicado em 2013 no portal da Folha de S. Paulo. Trata-se de texto noticioso que critica a instalação de um centro social em bairro de classe média. Para este artigo, amplio a discussão, trazendo também outros textos que, assim como aquele, estabelecem relação entre ‘situação de rua’ e ‘vizinhança’. Meu objetivo é favorecer debate mais aprofundado da violência simbólica ao lado da violação de direitos da população em situação de rua. Retomei textos nos quais analisei a representação da situação de rua nos últimos anos: uma circular de condomínio (Resende, 2009), uma notícia publicada em jornal de distribuição gratuita (Resende, 2012) e a notícia publicada no jornalismo on-line antes referida (Resende, no prelo). É possível perceber traços comuns na representação da situação de rua, especialmente sua vinculação a discursos do risco e do incômodo e sua representação pelo foco de populações outras. Trabalho apoiado pelo Edital MCTI/CNPq Nº 14/2013, Processo 470300/2013-2.

Palabras clave: análise de discurso crítica; representação; situação de rua; violência simbólica; violação de direitos.


Abstract


This paper is an expansion of the paper presented at the "1st International Symposium EDiSo 2014" in 2014. The paper presented at the symposium consisted of a detailed critical discourse analysis (van Dijk, 2001; Fairclough, 2003; van Leeuwen, 2008; Ramalho and Resende, 2011) of a text published in 2013 in the site of Folha de S. Paulo, a Brazilian traditional newspaper. This is a new text that criticizes the installation of a social center in a middle class neighborhood. For this article, I expanded the discussion, bringing other texts that also establish relation between 'homelessness' and 'neighborhood'. In so doing, my goal is to encourage further discussion of symbolic violence beside the violation of rights of people facing homelessness, even though this broadening of scope implies necessarily less analytical detail. The texts referred to here are a condominium circular (Resende, 2009), news published in a newspaper of free distribution (Resende, 2012) and news published in online journalism (Resende, in press). Reflecting on them in an integrated way, we can see common threads in the representation of homelessness, especially its connection to discourses of risk and nuisance and its representation by the focus of other populations. Supported by MCTI/CNPq 14/2013, 470300/2013-2.

Keywords: critical discourse analysis; representation; homelessness; symbolic violence; violation of rights.